Enxaqueca: entenda os sintomas e causas emocionais da doença - Alex Paxeco
Home » Saúde e Bem-Estar » Enxaqueca: entenda os sintomas e causas emocionais da doença

Portal Alex Paxeco

Enxaqueca: entenda os sintomas e causas emocionais da doença

Você tem ou conhece alguém que sofre com enxaquecas? Esse é um desafio que muitas pessoas enfrentam ao redor do mundo.

Considerada um distúrbio comum, pode se tornar incapacitante se não for tratada corretamente. E, por isso, tem o potencial de afetar intensamente a vida de quem convive com ela, ocupando o 6º lugar na lista das doenças mais incapacitantes do mundo.

Acontece que muitas vezes esse distúrbio pode estar intimamente ligado a questões emocionais.

Neste artigo, vou falar sobre a ligação entre a enxaqueca e o emocional.

O que é a enxaqueca?

A enxaqueca é um distúrbio neurológico comum que causa fortes dores de cabeça, podendo até mesmo incapacitar o indivíduo.

Quando sua intensidade é forte afeta diretamente a vida de quem sofre com ela, prejudicando os aspectos social, amoroso e profissional. Isso porque a pessoa não é capaz de escolher o momento em que terá a dor e, quando ela chega, é quase humanamente impossível fazer qualquer outra coisa que não senti-la.

Pode ser classificada como episódica – quando acontece com menor frequência – ou crônica – quando ela acontece com uma frequência alta.

Principais sintomas da enxaqueca

Em alguns casos os sintomas começam alguns dias antes da dor de cabeça. Chama-se a isso de estágio pródromo.

Os sintomas nessa fase costumam ser:

  • desejos de comida;
  • humor deprimido;
  • fadiga ou baixa energia;
  • bocejo frequente;
  • hiperatividade;
  • irritabilidade;
  • rigidez do pescoço.

Outra característica da enxaqueca é que ela pode ser classificada em com aura e sem aura.

A aura são alguns sintomas específicos que acontecem ainda sem a dor, mas que afetam a sua visão, fala, sensação e movimento. Ela ocorre logo depois do estágio pródromo.

Nem todas as crises de enxaqueca vão ter a fase com aura, algumas vão direto para a fase sem aura.

Alguns exemplos de sintomas na fase com aura:

  • confusão na hora de falar, pronunciando sons incompreensíveis ao invés do que pretende falar;
  • sensação de formigamento nas pernas, no braço ou no rosto, podendo afetar apenas um lado do corpo;
  • presença de pontos brilhantes na visão, ou enxergar formas e flashes claros;
  • escurecimento rápido da visão.

Logo depois da aura, ou do estágio pródromo quando não há a aura, vem a fase de ataque.

É nela que ocorre a dor de cabeça e os sintomas podem durar de horas a dias.

Algumas pessoas podem sentir a fase de ataque ao mesmo tempo da fase com aura, o que torna tudo mais desafiador ainda.

Alguns exemplos de sintomas do ataque:

  • dor de cabeça pulsante e latejante;
  • aumento da sensibilidade à luz e som;
  • tonturas ou sensação de desmaio;
  • náusea;
  • dor em um lado da cabeça, no lado esquerdo, no lado direito, na frente, nas costas ou nas têmporas;
  • vômito.

Depois da fase do ataque, pode ainda acontecer a fase pós-drome.

Nessa fase acontecem mudanças grandes e abruptas de humor e sentimentos. A pessoa pode ir de cansada e desanimada para eufórica e feliz rapidamente. Além de ter a possibilidade de uma leve dor de cabeça que ainda persiste.

As fases variam de pessoa para pessoa, algumas pulam fases, outras passam por todas. Tanto o grau de intensidade como a duração também são muito variáveis e não podem ser previstas.

Como nossas emoções influenciam

As nossas emoções têm uma conexão direta com o nosso organismo, tanto que quando em desequilíbrio causam as doenças emocionais.

Todas as emoções que sentimos impactam o corpo físico graças a ligação existente entre os neurotransmissores do nosso cérebro, que vão transmitindo a informação entre um neurônio e outro.

Uma pesquisa conduzida pela Pennsylvania State University, constatou que as emoções commumente chamadas como “negativas” tem o poder de diminuir a nossa imunidade e de aumentar a propensão a inflamações.

Não podemos mais separar corpo e mente e, principalmente, a necessidade de mantê-los em equilíbrio para alcançar uma vida mais saudável e feliz.

Mesmo assim, a sociedade ainda não quer ver ou enxergar isso e frequentemente permite que as emoções a dominem e tragam todos os tipos de prejuízos.

No caso da enxaqueca, existem algumas emoções, estados de espírito e situações específicas que podem originar o distúrbio.

  • Orgulho;
  • Inflexibilidade;
  • Estresse;
  • Conflitos internos entre razão e emoção;
  • Resistência a mudanças ou situações.

Como lidar com a enxaqueca emocional?

Existem alguns passos que podem te ajudar a lidar melhor com as causas emocionais que estão provocando a sua enxaqueca.

Primeiro você precisa identificar qual é a emoção que está desregulada e que pode ser a possível causa do distúrbio.

Depois que você entender o que é, vai ser capaz de visualizar melhor quais podem ser as soluções.

Sem se esquecer de trabalhar em prol da conexão existente entre a sua mente e o seu corpo.

Viver preso em uma emoção é o que te faz colocar essa relação em desequilíbrio, por isso é muito importante aprender a gerir as suas emoções.

Fazer isso vai te auxiliar a entender a origem dos seus sentimentos e emoções e, assim, trabalhar melhor como você reage e lida com cada um deles.

É o melhor caminho para alcançar o bem estar nos mais diversos setores da vida e colocar em equilíbrio a sua existência.

Conclusão

Assim como outras doenças causadas pelas nossas emoções, a enxaqueca também pode ser resultado desse desequilíbrio emocional.

Por isso, você pode se beneficiar se, ao mesmo tempo em que trata o corpo, decidir tratar também a sua mente.

Esse artigo fez sentido para você? Se esse conteúdo te ajudou de alguma forma, e você acredita que ele pode ajudar muitas outras pessoas, sinta-se livre para curtir e compartilhar nas suas redes sociais.

Últimos Vídeos no Youtube

Mais Lidas

15 frases de incentivo para o sucesso
leia mais

15 frases de incentivo para o sucesso

Se o seu dia já começa mal, provavelmente todo o decorrer dele será na mesma vibração de energia. A solução para esses momentos é...

5 técnicas de relaxamento para acalmar a mente e relaxar
leia mais

5 técnicas de relaxamento para acalmar a mente e relaxar

Quando sua mente está cheia de preocupações do dia-a-dia, sua capacidade de relaxar e focar no presente diminui. Por isso, é tão importante manter...

Entenda quais são e como funcionam as 5 emoções básicas do ser humano.
leia mais

Entenda quais são e como funcionam as 5 emoções básicas do ser humano.

Todos nós somos emotivos em algum grau, uns com mais intensidade e outros com menor. O ser humano é capaz de sentir as mais...