Entenda o que são doenças psicossomáticas e quais são os tipos mais comuns - Alex Paxeco
Home » Saúde e Bem-Estar » Entenda o que são doenças psicossomáticas e quais são os tipos mais comuns

Portal Alex Paxeco

Entenda o que são doenças psicossomáticas e quais são os tipos mais comuns

Você já ouviu falar de doenças psicossomáticas?

A palavra tem origem no vocabulário grego, sendo psique referente à “alma” e soma a “corpo”. Isso traduz de maneira clara o que é uma doença psicossomática, algo que começa no meio psicológico (alma) e que pode causar sintomas no meio físico (corpo).

Relacionadas a emoções e pensamentos, as doenças psicossomáticas, caracterizam o desequilíbrio emocional.

Neste artigo, vou falar um pouco mais sobre esse assunto.

Causa das doenças psicossomáticas

É conhecido que a maior parte das doenças tem origem no descontrole das emoções e no desequilíbrio psicológico.

As doenças são a manifestação do seu inconsciente que está sinalizando questões internas que não foram bem resolvidas: como o excesso ou a falta de algum sentimento, ausência de qualquer reação a algum acontecimento específico, bloqueios emocionais, ou até mesmo resistência a mudanças.

Você está propenso a adquirir uma doença psicossomática quando existe dentro de você um vazio resultante de um sentimento ou situação mal resolvida.

Identificando as doenças psicossomáticas

É essencial que a primeira coisa a ser feita, ao perceber qualquer sintoma, seja procurar um médico. Apenas um profissional vai poder te orientar se os desconfortos são de uma doença física ou se podem ser sintomas psicossomáticos. Após essa identificação ele vai te indicar o melhor tipo de tratamento.

Alguns sintomas psicossomáticos podem ser muito comuns, como: dores de cabeça ou musculares, alterações no ciclo menstrual, mudança de libído, enxaqueca, dificuldades para engravidar, mal estar estomacal e azia.

É normal que esses sintomas, quando psicossomáticos, se intensifiquem sempre que você estiver passando por crises de ansiedade, estresse ou pressão emocional, ou até mesmo aconteçam somente nesses momentos.

O que você pode fazer para melhorar os sintomas psicossomáticos

Além do tratamento indicado pelo profissional, você também recorrer a algumas outras técnicas que podem te ajudar.

Ressignifique a sua história

Olhe para trás e analise toda a sua trajetória de vida. Existe algum momento que pode ter deixado em você cicatrizes emocionais? Você alguma vez reprimiu um sentimento para não precisar sofrer, ou sofrer menos, por algo que aconteceu? Em quais situações você reagiu de maneira completamente indiferente quando as pessoas ao seu redor esperavam o contrário?

Esses questionamentos são importantes para que você entenda melhor os possíveis momentos que podem estar sendo a origem dos seus sintomas psicossomáticos. É preciso identificá-los para poder trabalhar melhor as emoções que os envolvem.

Busque um profissional qualificado para poder proporcionar um novo significado aos momentos desafiadores pelos quais já passou.

Supere seus bloqueios emocionais

Na maior parte das vezes a doença psicossomática tem a ver com os hábitos ou crenças adquiridos por meio da vivência familiar.

É preciso refletir sobre o que você carrega consigo por causa dos seus pais, avós, irmãos, tios… Tudo o que não contribuiu, e ainda não contribui, para o seu crescimento e evolução precisa ser deixado para trás. Esses bloqueios apenas impedem que você caminhe para frente, e sem perceber você acaba repassando tudo isso para os seus próprios descendentes.

Perdoe-se

Se em algum momento da sua vida você agiu de maneira negativa e tem vergonha de até mesmo visitar qualquer memória referente a isso, é preciso analisar melhor a situação.

A falta do auto-perdão também te impede de crescer e pode aumentar a incidência dos sintomas psicossomáticos.

É hora de se libertar de toda essa carga negativa que você carrega há tanto tempo. Lembre-se que você é um ser humano e, assim como qualquer outro, tem o direito de errar. O importante é saber que você reconhece esse erro e que por isso vai dar o seu melhor para não cometê-lo novamente.

Ame-se

É imprescindível melhorar a visão que você tem de si mesmo.

Muitas vezes você dá conta de diversas tarefas da sua vida pessoal e profissional, mas se esquece de cuidar da sua vida íntima, aquela consigo mesmo, voltada para o seu interior.

É preciso dedicar um tempo ao autoconhecimento, valorizar mais suas qualidade e habilidades, reconhecer seus pontos de melhorias e trabalhar por eles, analisar o que você deseja da vida e como conseguir… São tantas coisas que você pode fazer para se amar um pouquinho mais. Aprenda a olhar para si com carinho e atenção, afinal você é a pessoa mais indicada para saber o que realmente quer.

Aprenda a gerir suas emoções

O controle emocional tem um papel importantíssimo na recuperação de doenças psicossomáticas. Isso porque a doença começa justamente pela falta do mesmo.

Aprender a gerenciar as suas emoções vai fazer com que você consiga colocar corpo e mente em harmonia. Além de te ajudar a evitar que situações como a que originou tudo isso não aconteçam mais.

Conclusão

As doenças psicossomáticas são mais comuns do que pode parecer e, por diversas vezes, podem ser ignoradas ou até mesmo subestimadas. Mas, como qualquer outra doença, ela pode trazer sérios desconfortos físicos, além dos emocionais, e precisa ser tratada.

Não hesite em buscar ajuda profissional quando perceber os sintomas, mas caso não sinta nada, pratique as dicas que demos para evitar possíveis incidências desse tipo de enfermidade.

 

Gostou desse artigo? Partilhe nas suas redes sociais e ajude mais pessoas a identificarem esses sintomas! 

Últimos Vídeos no Youtube

Mais Lidas

15 frases de incentivo para o sucesso
leia mais

15 frases de incentivo para o sucesso

Se o seu dia já começa mal, provavelmente todo o decorrer dele será na mesma vibração de energia. A solução para esses momentos é...

5 técnicas de relaxamento para acalmar a mente e relaxar
leia mais

5 técnicas de relaxamento para acalmar a mente e relaxar

Quando sua mente está cheia de preocupações do dia-a-dia, sua capacidade de relaxar e focar no presente diminui. Por isso, é tão importante manter...

Entenda quais são e como funcionam as 5 emoções básicas do ser humano.
leia mais

Entenda quais são e como funcionam as 5 emoções básicas do ser humano.

Todos nós somos emotivos em algum grau, uns com mais intensidade e outros com menor. O ser humano é capaz de sentir as mais...