Dicas para aumentar a serotonina e dopamina no corpo - Alex Paxeco
Home » Saúde e Bem-Estar » Dicas para aumentar a serotonina e dopamina no corpo

Portal Alex Paxeco

Dicas para aumentar a serotonina e dopamina no corpo

Você já ouviu falar dos hormônios da felicidade?

São neurotransmissores que geram as sensações de alegria, bem-estar e recompensa.

Eles são produzidos no seu organismo e liberados quando você está executando algumas atividades específicas, como meditação, esporte, entre outras.

A dopamina e a serotonina são dois integrantes desse conjunto de neurotransmissores responsáveis pelas sensações de felicidade e bem-estar, e influenciam diretamente na sua disposição, produtividade e motivação diárias. Quando seus níveis estão baixos no organismo podem causar desânimo, apatia, falta de foco, além de alterações no humor e no sono.

Escrevi este artigo para que você possa entender um pouco mais sobre esses neurotransmissores e como fazer para aumentar a liberação deles no seu corpo.

Serotonina

Produzida no tronco encefálico, a serotonina tem diversas funções no seu organismo, sendo as principais: regulação do seu humor, do seu sono, da sua libído, do seu apetite e do seu ritmo cardíaco.

Ela é mais associada com a felicidade e pode influenciar o seu comportamento.

Alguns sintomas de ter pouca serotonina no organismo:

  • Irritabilidade
  • Impaciência
  • Cansaço
  • Falta de concentração
  • Diminuição da capacidade de aprender
  • Memória fraca

Dopamina

Já a dopamina é produzida na glândula adrenal e sua função tem a ver com a atividade motora do seu organismo, sua motivação, a sensação de recompensa e prazer, seu comportamento e capacidade de foco.

É ela quem te impulsiona e te motiva a correr atrás do que deseja.

Alguns sintomas de ter pouca dopamina no organismo:

  • Desmotivação constante
  • Procrastinação
  • Falta de entusiasmo
  • Dúvidas a respeito de si mesmo

Dicas para aumentar a dopamina e serotonina no seu organismo

Candace Pert, uma neurocientista, acredita que nós temos uma farmácia de luxo quase que gratuita dentro do nosso próprio organismo, pois produzimos os neurotransmissores responsáveis por “curar” nossas dores emocionais e manter um bom funcionamento de corpo e mente.

O mundo se torna um lugar mais prazeroso e energizante quando a dopamina e a serotonina estão em alta no organismo, ajudando até mesmo na nossa forma de lidar com as tensões e estresse do dia a dia.

Acontece que muitas pessoas não encontram o que precisam sozinhas, pois tem mais dificuldade em produzir esses “medicamentos”.

Por isso, separei algumas dicas para estimular a liberação desses neurotransmissores.

Serotonina

Cuide de si mesmo

É essencial separar um tempo para cuidar de si mesmo.

Descanse, curta a vida, se divirta, relaxe, satisfaça as suas necessidades… Essas são atitudes essenciais para acabar com a presença do cortisol no seu organismo, o hormônio do estresse, e aumentar a quantidade de serotonina.

Você sempre pode marcar aquela massagem relaxante, fazer ioga, ou até mesmo tomar um banho quente para relaxar o corpo.

Tome um bom banho de sol

Você sabia que a luz solar tem o poder de estimular a produção e a liberação de diversas substâncias benéficas no seu corpo? Pois é verdade.

Separe sempre de 10 a 20 minutos diários para começar o seu dia com muito mais tranquilidade e disposição. Mas, não se esqueça de usar protetor solar para diminuir os efeitos dos raios solares na pele.

Medite

Praticar regularmente a meditação também pode diminuir a quantidade de cortisol no seu organismo, facilitando a produção e liberação da serotonina, além de trazer inúmeros outros benefícios.

Você não precisa ficar horas meditando, basta manter uma prática diária de 15 a 20 minutos para começar a ver todos os resultados aparecerem.

Dopamina

Alcance seus objetivos

Toda vez que você conquista algo a dopamina é liberada no seu organismo.

Por isso, se você transformar suas metas de longo prazo em uma série de metas menores consegue aumentar a liberação desse neurotransmissor tão importante.

Você também pode começar a definir metas mais simples, como organizar um cômodo da casa, limpar a sua área de trabalho, ou até mesmo experimentar introduzir um alimento saudável na sua dieta.

Exercite-se

É muito importante que você esteja em dia com a prática de exercícios físicos.

Diversos estudos concluíram que exercitar o corpo pode aumentar a produção da dopamina, além de produzir renovar as células do seu cérebro e retardar o envelhecimento.

Você pode começar com uma simples caminhada, ou fazer alguma atividade que seja do seu interesse, como dança, ginástica, natação, algum esporte, entre muitas outras opções.

Medite

Assim como a meditação é benéfica para a produção e liberação da serotonina, também é para a dopamina.

Quem mantém uma prática regular aumenta a sua capacidade de relaxar, aprender e até mesmo de criar.

Meditar vai te ajudar a aumentar o nível de dopamina do seu organismo, melhorando o seu foco e a sua concentração.

Conclusão

Como você pode notar ao longo do artigo, é possível aumentar os níveis de dopamina e de serotonina no organismo por meio de atividades fáceis de serem executadas.

O importante é manter a frequência em cada uma dessas atividades para poder colher todos os benefícios de ter em alta esses dois neurotransmissores.

Esse artigo fez sentido para você? Se esse conteúdo te ajudou de alguma forma e você acredita que ele pode ajudar muitas outras pessoas, sinta-se livre para curtir e compartilhar nas suas redes sociais.

Últimos Vídeos no Youtube

Mais Lidas

15 frases de incentivo para o sucesso
leia mais

15 frases de incentivo para o sucesso

Se o seu dia já começa mal, provavelmente todo o decorrer dele será na mesma vibração de energia. A solução para esses momentos é...

5 técnicas de relaxamento para acalmar a mente e relaxar
leia mais

5 técnicas de relaxamento para acalmar a mente e relaxar

Quando sua mente está cheia de preocupações do dia-a-dia, sua capacidade de relaxar e focar no presente diminui. Por isso, é tão importante manter...

Entenda quais são e como funcionam as 5 emoções básicas do ser humano.
leia mais

Entenda quais são e como funcionam as 5 emoções básicas do ser humano.

Todos nós somos emotivos em algum grau, uns com mais intensidade e outros com menor. O ser humano é capaz de sentir as mais...